Olha o presente deixado. Arretado! Não o bilhete, a cerveja.0600

País de primeiro mundo é outra coisa. E não estamos falando do lado econômico, político ou até mesmo ambiental, mas sim educacional. Ah, e também não estamos falando sobre escolas e universidades, mas sim o aprendizado da vida, de que gentileza é sempre o melhor caminho. E se vier acompanhado de cerveja, melhor ainda.

Em Halifax, no Canadá, um jovem bebeu uns copos a mais e tentou entrar num apartamento que não era o do seu amigo. Resultado: após o efeito do álcool passar, ele pediu desculpas e deixou um recado na porta da dona, que havia acordado assustada. Acompanhado do bilhete, um pack de cervejas. A dona do apartamento colocou nas redes sociais e o post logo viralizou. Cabra macho!

Sushi na esteira? O negócio é o Trem da Cerveja

Piuííííí, olha o trem!

Nova moda no Brasil, o sushi de esteira é coisa para os fracos. Na República Tcheca a coisa é diferente. Inventado em 2009, a mania que pegou é o “Trem da Cerveja”. Criado por Petr Fridrich, na cidade de Brno, o esquema é parecido com os de comida japonesa no Brasil. A diferença é que ao invés de peixe e arroz, o trem carrega copos cheios de cerveja. O cliente pega o que lhe agradar e paga depois. Prático, né? Garçom para quem?

Deus dos Gordos escala montanha de Noca

Montanha de macaxeira, carne de sol e queijo coalho custa R$ 100 e serve cinco pessoas.

Meu Whey Proteín, filhotes esbeltos. Nessa dieta equilibrada (na verdade, difícil foi equilibrar a comida no prato), pedi esse prato “executivo” para seres esféricos. Falando sério, a Casa de Noca, em Olinda, faz essa montanha maravilhosa de macaxeira, queijo coalho e carne de sol.

Como sou tímido, me escondi atrás do prato e ninguém me viu. Ele custa R$ 100 merréis, mas alimenta cinco pessoas normais, o que não é meu caso. Estou tão cheio que não cabe sequer um Halls. Vou ficar uns 30 minutos sem comer nada, só um biscoitinho, mereço.

Warriors podem levantar o título da NBA. As namoradas que perdoem

Dia dos Namorados no Brasil e jogo 5 da grande final da NBA temporada 2016/2017. Que dúvida cruel, não? É totalmente compreensível que você também fique no dilema de qualquer cerveja comprar para acompanhar este jogão que pode decretar o títulos do Golden State Warriors sobre o Cleveland Cavaliers. Liderando a série por 3×1 e jogando em casa, a partir das 22h, os Warriors precisam de uma vitória simples para decretar o fim da melhor de sete. E temos certeza que a patroa vai entender a sua preferência pelo jogo de hoje.